sexta-feira, 22 de setembro de 2017

ECOAÇÃO 2017 💚💛

TRIBUTO À PRIMAVERA E VALORIZAÇÃO DA VIDA PELAS RUA DE DOURADO NA  MANHà DESTE SÁBADO, DIA 23,  A PARTIR DAS 9H

EXPOSIÇÃO DOS DESENHOS DA ATIVIDADE "POR ONDE AS ÁGUAS CAMINHAM" DAS ESCOLAS MALHEIRO, MONTEIRO E SENADOR - LOCAIS: PRÓXIMO AO NOSSO ESPAÇO (ANTIGO SALMER) E PRAÇA DA CÂMARA MUNICIPAL

DISTRIBUIÇÃO DE SEMENTES  JUNTAMENTE COM A CAMINHADA "TODOS PELA VIDA"

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Somando e dividindo conhecimentos. Viva o rio Jacaré Pepira: por onde nossas águas caminham

Essa quarta-feira (13/9) e quinta-feira (14/9), nós do grupo Ecociente, fizemos ecoações pelas escolas de Dourado.  Fomos até as escolas Senador, Malheiro e Monteiro e apresentamos para os alunos dos 5° anos tudo sobre o Rio Jacaré Pepira: a bacia hidrográfica que se encontra, o porquê do nome Jacaré Pepira , a fauna e flora do rio e as histórias e lendas que as pessoas contam sobre o ele. 
Nós também entregamos sementinhas de girassol para que as crianças plantem e uma atividade para elas: desenhar o que imagina que tem em volta do Rio Jacaré Pepira. Além de que esses desenhos serão expostos em diferentes lugares da nossa cidade.
Foi uma experiência incrível passar conhecimento para as crianças sobre esse rio maravilhoso e tão bem cuidado do nosso município! 
Gostaríamos de agradecer imensamente o pessoal das escolas Senador, Monteiro e Malheiro pela parceria...
Valeu!














 


segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Conhecendo a Estação de Tratamento de Esgoto de Dourado

Nessa sexta-feira (01/09), nós do Grupo Ecociente fomos conhecer Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de nossa cidade, onde fomos recebidos pelo responsável Sr. Paulo Cesar de Freitas, funcionário da Sabesp em Dourado, responsável pelo local. Começamos nossa visita pelo local onde chega o esgoto da cidade, depois pudemos ver o processo de desaneração, em que  a areia vai para o fundo de um tanque e o material orgânico permanece na superfície, logo em seguida, nos próximos tanques, ocorre um processo químico que converte resíduos orgânicos em gás,  ao final da decantação é formada uma espécie de lodo. Após a remoção de todos os poluentes através de um processo químico, físico e biológico, a água pode ser finalmente reutilizada para fins industriais e agrícolas, no nosso caso ela é devolvida para o córrego mais próximo, o qual deságua no Rio Jacaré.
Portanto, essa estação de tratamento é de extrema importância para a vida do nosso rio que é considerado um dos mais limpos do interior de São Paulo.
Aproveitamos para agradecer à Sabesp pela recepção e ao Paulo pelas informações. Foi de grande valia para a gente.













sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Rio Jacaré Pepira, nosso orgulho

Nesta Quinta, (31/8), nós do Grupo Ecociente fizemos uma trilha ao redor do Rio Jacaré Pepira.
Nosso guia foi o Johny, ele conhece aquele lugar desde seus 9 anos de idade. 
Ele nos mostrou vários tipos de árvores típicas do cerrado, além de que, tivemos o prazer de ver a soltura de uma jiboia, que foi encontrada no Jardim Maria Luiza.
Vimos também várias pegadas de animais, como a de gatos selvagens, capivaras e lontras.
O Rio Jacaré Pepira é o lar de muitos animais que são raríssimos, que só são encontrados por aqui. Além disso, é um dos mais limpos do estado de São Paulo, e é assim que ele deve continuar.  
Foi demais!


GRATIDÃO Johny 






sábado, 26 de agosto de 2017

Ecociente e Santa Clara: parceria mais que especial

Nessa sexta-feira (25/08) nós do Grupo Ecociente fizemos uma visita no  Santa Clara Eco Resort, que é nosso super parceiro  no projeto, para fazermos uma trilha num dos afluwntes do rio Jacaré Pepira, que é o rio que passa pela fazenda. Pudemos observar a biodiversidade local e apreciar tudo de melhor que a natureza oferece Logo após nossa caminhada chegamos à cachoeira, nela nos banhamos e nos divertimos muito. Foi uma aula muito diferente e nós adoramos!! Agradecemos ao Santa Clara por nos acolher sempre e com tanto carinho.
Valeu!










sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Tarde pra lá de divertida

Hoje (24/8), nós do Grupo Ecociente, fomos até a escola de circo HULERU, em Araraquara.  
A primeira coisa que fizemos ao chegarmos lá, foi um aquecimento para relaxar o corpo e estarmos preparados para as atividades que estavam por vir. 
A primeira atividade, foi a de imitarmos alguns animais de circo. Foi uma atividade bem divertida!
Logo em seguida, começaram as atividades no trapézio, nas fitas e alguns outros exercícios. Algumas das acrobacias que aprendemos na fita foi: o triângulo, o samurai e o casulo. 

Depois de termos feito tudo isso, nós produzimos as nossas bolinhas de malabarismo, que é muito simples e rápida de fazer. Depois praticamos um pouco e aprendemos como fazer o básico do malabarismo. 
Foi uma experiência muito legal e aprendemos coisas que são muito interessantes sobre as atividades que são feitas no circo. 
Valeu, pessoal do HULERU!!! Amamos os momentos que passamos juntos!










quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Bacia Hidrográfica – nossas águas

Nessa terça-feira (22/08), o Grupo Ecociente teve uma aula com a professora Nilvia Braga sobre Bacia Hidrográfica, em que foi discutida sua definição, a preocupação com a proteção dos recursos naturais e a bacia que estamos inseridos.
Na sequência,  fomos visitar o córrego Bento Correia que abastece o rio Jacaré-Pepira, principal rio da nossa região e que por sua vez abastece o Rio Tietê.
 Foi uma aula muito interessante, pois aprendemos que devemos cuidar dos rios que estão ao nosso redor. Temos que começar pelos nossos córregos urbanos, por menores que pareçam todos têm sua importância no meio ambiente e são os que primeiro recebem o impactos das más ações nossas.
Portanto, mais consciência em nossas ações é o que devemos ter sempre!
Salvem os rios! Preservem a vida!
Gratidão profª. Nilvia, nosso carinho a você sempre!






sábado, 12 de agosto de 2017

Meio ambiente e vida mais saudável

Sexta-feira (11/08), nós do Grupo Ecociente fizemos uma visita na fazenda Santana. Lá nos foi falado sobre o reflorestamento existente ali, como a regeneração natural e também algumas mudas que foram compradas no viveiro Camará, onde já fizemos uma visita. Tudo o que produzem na fazenda atualmente é orgânico. Existe também uma pequena produção de cultura cafeeira onde é feita a colheita até a manufatura usando formas artesanais de trabalho.Na sequência, pudemos plantar várias mudas de pitangueiras, tendo a oportunidade de aprender como se plantam árvores.Finalizamos a visita com um lanche e momentos de descontração próximo à represa.Gostaríamos de agradecer imensamente ao pessoal da fazenda Santana, sempre muito parceiros do nosso projeto e, em especial, a nossa educadora Veri, que nos recebeu e orientou toda a visita.Valeu!!!!